quinta-feira

Choveu

aconteceu quando deixou de representar e
passou a reconhecer
quando em vez da diferença
a semelhança

quando viu que repartir não era ir-se reiteradamente
assim como remissão não implica retrabalho, tarefa
mas alívio
que não se conquista,
goza-se
e que sonho e objetivo, quando ditos com o mesmo propósito
traem-se
porque não dizem o mesmo

foi quando disse irmão pela primeira vez sem que o sugerissem
e se sentiu maior
a soma dos apenas
conjunto dos sós
assomou-se-lhe um conforto
uma paixão

aconteceu quando, ao se recriar,
recreou-se
e descobriu
que um bilhete de guardanapo vale mais que três vias rubricadas
e deixou a convicção para os que dela se valem

viu a noite chegar resfriando o dia por cima
e o dia voltar aquecendo a noite por debaixo
tomou conta
de um e de outro
e notou que tomar conta tem mais de dar que de tomar

viu a nuvem
ouviu a nuvem
bebeu da nuvem
virou nuvem, deu conta
de si, aconteceu
nublou-se
choveu.

Nenhum comentário: