quinta-feira

Os beija-flores nunca foram tão belos

Um poema de 2006 que mais do que a qualquer alguém, eu me devia...



Ontem as estrelas se foram "com ar" de satisfeitas

E hoje,
Se o sol parece ter o dobro do tamanho no céu... é porque o está orgulhoso em anunciar as bençãos do novo dia.
Se a brisa corre serena no espaço... é porque existe um corpo quente de peito fervente a acalentar.
Se os pássaros compõem suaves melodias... é porque acordam entusiasmados e embalam sonhos de insones amantes.
Se as flores se espreguiçam à luz da aurora... expõem suas pétalas desejando recordar o pobre mambembe da beleza de sua menina.

E se os Beija-Flores nunca foram tão belos...

Compreendes muito bem o porquê.